A zamioculcas é uma folhagem ornamental, popular pela rusticidade e beleza, principalmente quando utilizada em interiores e outros locais de baixa luminosidade natural.
Plantadores
Product ID: 954
Muda de Zamioculca

Muda de Zamioculca

Marca: Plantadores Referência: PAI00177


Não disponível

Enviar
Avise-me quando estiver disponível

A Zamioculca (Zamioculcas zamifolia)

BELAS MUDAS DE ZAMIOCULCA

Mudas com aproximadamente 50 centímetros - DIVISÃO DE TOUSSEIRA

 

Nome científico: Zamioculcas zamiifolia

Nomes Populares: Zamioculcas, Zamioculca

 

Descrição geral:

A zamioculcas é uma folhagem ornamental, popular pela rusticidade e beleza, principalmente quando utilizada em interiores e outros locais de baixa luminosidade natural. Sua textura é herbácea, com folhas muito brilhantes, glabras, pinadas e de cor verde-escura, que chegam a um metro de altura. Suas folhas são semelhantes às de Zamia, uma cicadácea, o que lhe rendeu o nome científico. Apesar da semelhança, a zamioculca pertence à família das Aráceas, a mesma de caládios, copos-de-leite e antúrios. Apresenta um rizoma subterrâneo suculento, semelhante a uma batata, que permite sua sobrevivência em períodos secos. A inflorescência é do tipo espádice, com espata de cor branca a creme, parcialmente escondida entre as bases das folhas. A floração ocorre geralmente no verão ou início do outono.

No paisagismo a zamioculca é ideal para lugares bastante sombreados, onde outra planta dificilmente sobreviveria. Ela pode ser um excelente curinga para corredores mal iluminados ou bosques fechados, e pode ser utilizada isolada, ou em maciços. É ideal para jardineiros descuidados, que esquecem de regar ou tem pouco tempo para se dedicar às plantas. Envasadas, elas vão bem em interiores em geral, como quartos, salas de estar, escritórios, halls de entrada, lojas, shopping centers, etc. Sua manutenção é baixíssima, pois é resistente e apresenta crescimento lento. Consiste na rega a intervalos espaçados, remoção de folhas amarelas e mortas e reenvase a cada 2 ou 3 anos. Todas as partes da planta são venenosas se ingeridas.

Deve ser cultivada sob meia-sombra ou luz indireta, em solo drenável, rico em matéria orgânica e irrigado regularmente, sem encharcar. Sensível a podridões no rizoma e amarelamento das folhas, devido ao encharcamento. É preferível deixá-la passar sede do que regar em excesso. Se passar por um período longo de estiagem, perde as folhas, sem prejuízo do rizoma, que volta a rebrotar no início das chuvas. Não tolera sol pleno. Em locais mais frios, pode-se expô-la ao sol da manhã e da tardinha. Já em locais quentes, deve tomar no máximo o sol do início da manhã. Não gosta de produtos para abrilhantar as folhas. Podem ser realizadas fertilizações mensais, que devem se leves e unicamente de adubos orgânicos. Aprecia o calor tropical. Multiplica-se por sementes, divisão de touceiras, rizomas, mas principalmente por estaquia das folhas.

Deixe seu comentário e sua avaliação


Características