Os frutos têm agradável sabor e podem ser consumidos in-natura. A floração é produtora de néctar e pólen e a arvore não deve faltar nos pomares e nos projetos de revegetação na beira de rios, pois seus frutos atraem e alimentam varias espécies de pássaros e pequenos mamíferos.
Plantadores
Product ID: 820
Product SKU: 820
Muda de Veludinho Vermelho do Cerrado - Pau de Espeto
MEIO AMBIENTE

Muda de Veludinho Vermelho do Cerrado - Pau de Espeto

Marca: Plantadores Referência: FR00210

Carregando...

O Veludinho Vermelho do Cerrado ou Pau de Espeto (Ghuettarda pohliana)

Mudas de Veludinho Vermelho

Mudas com aproximadamente 40cm – Produz em até 2 anos

 

Nome Científico: Ghuettarda Pohliana

Nomes populares: Veludinho Vermelho, Veludinho do Cerrado, Pau de Espeto.

 

Tempo para produzir: 2 anos

Tamanho da Muda: aprox. 40 centímetros

 

Tipo de cultivo: Tem crescimento rápido e pode ser cultivada em todo o Brasil adaptando-se a climas temperados, subtropicais e tropicais onde a temperatura média é de 13 a 26 graus, resistindo a mínima de até – 3 graus. Pode ser plantada desde o nível do mar até 1.650 m de altitude, apreciando índices de chuvas que variam de 770 a 2.500 mm anuais e bem distribuídos. Aprecia qualquer tipo de solo que seja profundo e tenha boa retenção de umidade. Ela vai bem sobre terrenos arenosos na beira de rios e em latossolo (terra vermelha) e o melhor pH para boa produção dos frutos deve estar entre 5,5 e 6,7.

 

Descrição geral:

O veludinho vermelho é nativo das matas de galeria do cerrado e das proximidades de nascentes da Floresta Atlântica, ocorrendo em estado natural desde Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul e São Paulo, Brasil.

Arbusto ou arvore de porte médio, ramificado, que cresce de 3 a 8 m de altura, formando copa cilíndrica ou com forma de guarda-chuva quando em sol pleno. O trono é curto, lenhoso e com marcas de acúleos (espinhos nascidos na juventude) a casca é acinzentada e irregularmente partida. Os ramos jovens são comprimidos lateralmente e com pilosidade de coloração ferruginea, sempre com pares de acúleos de 1,2 a 3 cm de comprimento voltados para baixo.

 

Utilizações:

Frutifica nos meses de fevereiro a maio. Os frutos têm agradável sabor e podem ser consumidos in-natura. A floração é produtora de néctar e pólen e a arvore não deve faltar nos pomares e nos projetos de revegetação na beira de rios, pois seus frutos atraem e alimentam varias espécies de pássaros e pequenos mamíferos.

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Características



    Medidas das plantas:
    As medidas anunciadas são a soma da parte aérea da planta ao saquinho ou ao vaso em que está plantada, afinal a raiz também faz parte da muda. A altura das mudas pode variar de acordo com a época do ano ou com a poda que recebem regularmente.


    A última foto é a foto real da muda no viveiro:
    Continuamos trabalhando para inserir fotos em todos os anúncios. Caso a sua planta não tenha foto da muda, certifique a descrição com atenção.


    TÍTULOS "Já produz" ou "Em início de produção":  
    Não significam que as plantas chegarão com frutos, mas sim que elas já produziram alguma vez ou produzirão na próxima safra.


    As folhas e flores são podadas para reduzir o desgaste das plantas durante o transporte:
    Realizamos podas foliares antes do envio. Desta forma evitamos o stress da planta no trajeto. Após plantada, a muda brotará saudável e vigorosa.


    Não usamos nenhum tipo de defensivo químico ou inseticida:
    Por priorizarmos o cultivo orgânico é comum que algumas mudas cheguem com furinhos nas folhas, pois podem ter sido atingidas por algum inseto. Não significa que a planta não está saudável e também não é nada que atrapalhe o seu bom desenvolvimento.